World Community Grid

Buscapé

Compare Produtos, Lojas e Preços

quinta-feira, 16 de agosto de 2007

Rimas de ocasião

Acertou em cheio com essa poesia de Álvares de Azevedo*!
Já não tenho mais medo!
Realmente estou amando e muito.
Sei que na vida é esse o intuito.
Se sou poeta não sei.
Sei que tentei.
Mas, o gosto por poesia e pelas pessoas está em mim.
Em especial por uma, com bochechas em vivo carmim.


* A poesia de Álvares de Azevedo em questão:

"...Descansem o meu leito solitário
Na floresta dos homens esquecida.
À sombra de uma cruz, e escrevam nela:
- Foi poeta - sonhou - e amou na vida."

8 comentários:

Mariana disse...

O amor é liiiiindo!!
Beijos

Chris Rodrigues disse...

E contagiou-me aqui...rs...

Robertson disse...

Genial, caro Solano!

Como podes pensar que não és poeta!

Um abração,
Frizero

De tudo um pouco disse...

Amigo blogueiro, você está tão poético!!! :o)
Depois, passa lá no meu blog e deixa um comentário! ;o)
http://carolbaldner.blogspot.com/
Beijos

Chris Rodrigues disse...

Boas palavras para uma lápide...perfect!!!

Carlos Zev Solano disse...

Pessoal,

obrigado pelos comentários!
Mari, sim o amor é lindo!
Chris, esse contágio é bom ;-)Quem dera contagiar todos com sentimentos como o amor.
Frizero, muito obrigado, vindo de você, elogios assim me deixam com cada vez mais vontade de escrever.
Carol, obrigado pelo poético. Visitei seu blog e deixei um comentário por lá.

Beijos.

Anônimo disse...

bom comeco

Anônimo disse...

Thanks :)
--
http://www.miriadafilms.ru/ купить кино
для сайта rascunhosnanet.blogspot.com